Artigos e Vídeos Dr. Hélio Borges

Biofeedback e Neurofeedback na Performance Desportiva

Publicado em 01/10/2019

Quando na atividade esportiva se busca resultado e aperfeiçoamento, ao preparo físico e ao treino do gesto esportivo é fundamental que aja adequado preparo mental. Essencialmente controlar a ansiedade, ativar e manter a concentração na tarefa abstraindo-se dos estímulos ambientais, assim como saber evitar o próprio ruído mental.

A ansiedade, experiência comum à vida, nos atletas que visam resultado é um verdadeiro “mostro no armário” pois estes tem alta expectativa no resultado e consequentemente padecem do “medo de falhar”. Esta ansiedade de performance pode ser tão severa que o atleta experimente “um branco” na hora que irá atuar e momentaneamente não saber onde encontrar dentro de si a habilidade e a competência esportiva tanto treinada. Os disparadores psicológicos podem ser profundos como angústias e experiências adversas vividas  ou simples inabilidade de gerenciar e conduzir a excessiva tensão emocional quando esta vem. Independente do nível de profundidade do qual venha uma ansiedade incapacitante esta se expressa invariavelmente pela via fisiológica como sudorese, taquicardia, respiração curta e rápida e congestão mental. E experimentar tal ativação orgânica retroalimenta a sensação de ansiedade podendo perpetuá-la indefinidamente.

A tudo que esteja em torno do atleta e que possa distraí-lo  tem que estar imune. Sua mente tem de estar num estado de tensão e focalização capaz de um gesto preciso que não seja insuficiente ou excessivo. E tal “justa medida mental” deverá se mantida e incrementada várias vezes durante uma competição.

Mesmo controlada a ansiedade, abstraindo-se dos ruídos e acontecimentos ao redor, focalizando a atenção no ato esportivo, assim como o corpo deve estar numa justa tensão nem excessiva, nem frouxa assim também deverá estar o fluir da mente, particularmente dos pensamentos. Se esta disparar a fazer considerações sobre as condições do jogo, a própria capacidade momentânea, e sabe-se lá mais o que uma mente em disparada pode criar, ficará o atleta desconectado do simples fluir do ato motor enroscado no próprio ruído mental. Ruído este capaz de fazer mais barulho que uma multidão gritando ao redor.

Um recurso bastante utilizado no preparo esportivo já há décadas, responsável por muitas das medalhas obtidas na história é o condicionamento eletrônico pelo biofeedback e sua derivação o neurofeedback.

A lógica da técnica é a mensuração de sutis modificações orgânicas em tempo real por equipamento de extrema precisão e sua percepção pelo indivíduo por retorno de sinais sonoros e/ou visuais. Tal qual um espelho faz ao mostrar-nos o movimento , o equipamento de biofeedback o faz para uma série de funções orgânicas como medida da tensão elétrica da pele (quando mais tensão mais condutiva nossa pele), temperatura, contração muscular, frequência cardíaca, pressão arterial, frequência e amplitude respiratória, fluxo sanguíneo frontal cerebral, frequência e amplitude das ondas cerebrais (no neurofeedback).

Assim, gerações de atletas tem desenvolvido fino aprendizado sobre o próprio corpo e com a mesma dedicação que se dedica aos treinos esportivos tem se dedicado ao treino em laboratório (ou até em campo) com os protocolos de bio e neurofeedback.

Nesta ciência caber ressaltar três tipos de treinos com grande capacidade terapêutica e resultado esportivo que são:

- Biofeedback de treino da variabilidade da frequência cardíaca – resultado do cruzamento de informações entre os sensores de frequência cardíaca, resistência galvânica, sensores respiratórios e mesmo oximetria. Esta disciplina específica do biofeeback consegue dar ao indivíduo uma ótima equalização do sistema nervoso autônomo fazendo que a ativação simpática e dasativação parassimpática não sejam excessivas. Enfim, habilita o indivíduo gerenciar as próprias reações orgânicas que em cascata causam a ansiedade catastrófica.

- Biofeeback de treino da perfusão cérebro-frontal – através de sensores que detectam minúsculas mudanças na temperatura na testa, o sistema é capaz de treinar um indivíduo a aprender a ativar os lobos frontais com reflexo imediato na capacidade de foco e concentração. Um sistema intuitivo e de resultado facilmente verificável com alguns treinos.

- Neurofeedback de treino de pico de alfa – nossas células nervosas funcionam em frequências específicas sendo que nunca todas as áreas cerebrais estão em uma mesma frequência. Mesmo dormindo ou acordados temos de todas as frequências das lentas às rápidas sendo que é a proporção delas é que se modifica. Para que realizemos uma tarefa com um misto de profunda concentração interna, desprendimento suficiente adequado dos estímulos externos e uma conexão quase que intuitiva à nossa motricidade é necessário que um grande mobilização de nossas redes nervosas para a frequência central que é a frequência de alfa. Por outro lado, se um atleta se deixa invadir com uma profusão de pensamentos desencadeia excessivas ondas rápidas que o desconectam da percepção interna necessária. Com o condicionamento por neurofeedback de pico de alfa um indivíduo aprende e evocar este estado onde a mente silencia e a focalização e sensibilidade interna ficam aguçados.

Biofeedback e neurofeedback ferramentas terapêuticas de excelente aplicabilidade na clínica da saúde mental, no treino esportivo chega ao estado da arte acompanhando o empenhado e dedicado atleta em busca da medalha almejada.

A Clínica de Psiquiatria e Psicoterapia Dr. Hélio Borges conta com laboratório especializado em bio/neurofeedback com equipamento canadense de última geração e protocolos internacionais para a técnica. Sendo um método de condicionamento não é um procedimento invasivo, não tem contra-indicações ou efeitos colaterais.

 

Dr. Hélio Borges de Oliveira Passos

Médico (CRM 16.914) Psiquiatra (RQE 8913) e Psicoterapeuta (RQE 2024)

ou
  • Horário de Atendimento

    Atendimento de 2ª a 6ª das 7:30H às 17:30H

  • Telefone

    (44) 3225-7566

  • Endereço

    Avenida Rio Branco, 942, Sala 10 - Centro Médico Rio Branco

    Zona 05 - Maringá - | CEP 87015-380

Copyright© 2020 - Todos os direitos reservados.

Todo o conteúdo do site, todas as fotos, imagens, logotipos, marcas, dizeres, som, software, conjunto imagem, layout, trade dress, aqui veiculados são de propriedade exclusiva. É vedada qualquer reprodução, total ou parcial, de qualquer elemento de identidade, sem expressa autorização. A violação de qualquer direito mencionado implicará na responsabilização cível e criminal nos termos da Lei. Avenida Rio Branco, 942 - Maringá - PR, CEP: 87015-380.